A melhor lista das 45 melhores listas de coisas de todos os tempos

bookworm_thumbnail_crop

– As 4 melhores posições em que um ser humano pode se ajeitar quando quiser chocar um ovo de avestruz.

– Os 6 melhores remédios que não fazem absolutamente nenhum efeito sobre nenhuma área do seu corpo & mente.

– As 7 pinturas renascentistas que sobreviveram a mais de dois naufrágios.

– Os 11 mortos mais bem vestidos da Revolução Francesa.

– Os 13 ataques de catalepsia nos momentos mais inapropriados da história.

– As 41 calças de moletom mais amarrotadas de todos os tempos.

– Os 37 atrasos de ônibus mais rápidos já acontecidos em rodoviárias do Oeste paulista.

– As 22 formações de farelo de pão mais imageticamente sugestíveis do último triênio.

Continuar lendo

Anúncios

a lealdade

artist-whynlewis-07

A história, entre a hipótese e a ficção, deve começar com um grupo de caçadores, distantes de nós por pelo menos trezentos séculos, encontrando uma ninhada de filhotes de lobos. Aqueles que deveriam ser os pais jaziam mortos ainda ao lado, um grande lobo cinza, maior, de dentes terríveis e de pelagem farta, ele atravessado com a lança de um dos caçadores, e a loba, caída ao lado dele, com os seios cheios de leite e o focinho destroçado por uma pedrada.

Alguém tem a ideia de recolher os filhotes. Não matá-los. Por empatia? O caçador lembrou-se de uma das crianças, um dos novos bebês da tribo, a quem deu ao mundo sua mulher. Impediu, com um grito, que os outros caçadores derramassem qualquer sangue novo. E tendo esse grupo de caçadores regressado à tribo, que destino teriam dado aos filhotes dos lobos?

Continuar lendo

A TV no Mudo

william-eggleston-parking

A TV no Mudo

Manhã cinzenta na sala da Capadócia. Neblina canábica sobre picos nevados. Lá pelas tantas, Djair diz para Kebab:

– Eu precisava falar com você, um negócio.

– Que negócio? – quis saber Kebab.

– Mas não se ofenda, ok? Eu sei que você sempre se ofende…

– Eu nunca me ofendo.

– E sempre que você se ofende, fica foda, e a gente termina discutindo a própria discussão, e enfim, não é isso, mas não se ofenda, certo? – não era um costume conversarem olhando um no olho do outro. O costume era ficarem sentados em seus respectivos lugares olhando para o teto.

– Quando foi que me ofendi? – perguntou Kebab.

– Não importa, não é sobre isso…

– Porque se você falou pra eu não me ofender, deve estar esperando que eu faça isso.

– Ã? – realmente não havia entendido, assim como também Kebab não entendeu o “Ã?” do amigo e imaginou que aquilo significasse algo como: “não seja idiota, parça”.

Continuar lendo

A Era das Apontações de Dedo

neorauch

A Era das Apontações de Dedo

Está vendo aquela ribanceira ali? Bem no meio do gráfico? Foi ali que nascemos, nas encostas de um buraco, uma curva demográfica que nunca vai descer. Nunca vai descer. Até chegar à lua, e daí galgar escalas mais astronômicas. O Papa Francisco é um bundão em não convocar os cristãos para a Guerra Santa contra os muçulmanos. Quem impede? Um amigo me disse que o Papa, sabendo ser o último cristão, deverá manter a humildade, como é recomendado que o façamos em tempos apocalípticos. Novos eões, mais complicados, nos aguardam. Uma era em que se possa queimar livros à vontade, sem que se sinta a falta deles.

Continuar lendo